Olhando para o umbigo: ilustração para o Entreposto e para o Entre Cá

Para comemorar os 4 anos do Blog Entreposto e os 50 posts já escritos, tomei a decisão de criar uma ilustração que reunisse conceitos presentes tanto no Entreposto como no Blog Entre Cá. Para tal tarefa, foi buscar pelo trabalho da designer visual – Karen Tâmilyn. O resultado me encantou desde o primeiro esboço, e, hoje, divulgo aqui o que vai começar a fazer parte do trabalho que desenvolvo nos dois blogs dando a eles uma identificação visual que ainda não possuíam.Logo Blogs Monica Prado

Os elementos agregados por Karen são os círculos de comunicação, ambiente e clima. A eles, ela sobrepôs mudanças tendo como ícone nossas edificações e cidades. O barquinho navega pelo mundo e identifica minhas próprias andanças. A ilustração também acrescentou você, leitor, como o pássaro que voa aqui e ali semeando o que apreende em cada pouso que faz seja no mundo off line seja na web.

Amarrou tudo isso no traço curvilíneo da base de um globo terrestre que define a abrangência de nossa inserção como cidadãos do século XXI,  e que representa, de maneira geral, os temas universais tratados por mim nos blogs: comunicação pública, sustentabilidade e mudanças climáticas.

Karen foi recomendada por um amigo jornalista envolvido com web há muito tempo. O trabalho de Karen também está no portal Colab55.

Anúncios

Buena Vista Social Club – a la luna yo me voy

Pois estava eu bem sentada, movimentando meu corpo ao ritmo da música cubana, quando o guitarrista Eliades Ochoa diz “esse negócio de mudanças climáticas está feio, é um problema, fiz essa música pensando numa solução” e saltou a voz para A La Luna Me Voy y sólo volveré a la Tierra cuando esté de vacaciones. O vídeo é do show em Roma há dois anos, pois ainda não consegui recuperar o som que gravei no meu celular.

 

Um artista Grammy, aos 69 anos, falar assim tão abertamente de mudanças climáticas para uma plateia multicultural, que vive nos Estados Unidos, deve mesmo estar muito seguro de si e muito preocupado. Eliades Ochoa acompanha a orquestra Buena Vista Social Club na Adios Tour que já percorreu o mundo numa despedida e ao mesmo tempo numa homenagem à velha guarda. A orquestra fez show ao vivo em San Diego (CA), em 20 de agosto de 2015.

Música cubana de raiz, Buena Vista Social Club mostra a força do talento e aponta a permanência no tempo como legado artístico que faz bem à alma. A presença intergeracional (músicos e artistas de várias gerações), o colorido das roupas (terno azul, vestido abóbora, terno branco contrastando com camisa preta) e a diversidade sonora e de instrumentos no palco fazem da Buena Vista um espetáculo singular. Além é claro do show multimídia com fotos e pequenos textos sobre aqueles integrantes fundadores que já partiram, mas que continuam presentes em suas canções e ritmos representados continuamente.

Fui apresentada a esse espetáculo por minha filha a quem agradeço publicamente o convite. Eu saí do show encantada! Para os que querem conhecer um pouco mais sobre a trajetória da Buena Vista e do envolvimento de Eliades Ochoa com a orquestra, o documentário de 1999 de Ry Cooder e  Wim Wenders  é boa pedida. O filme está disponível em diversas plataformas para download ou compra e aparece bem no ranking Rotten Tomatoes.

 
La Luna (encontrei a letra numa expansão de texto no YouTube)

Quiero irme a La Luna
ya tomé mis decisiones, 
voy a vivir a La Luna
ya tomé mis decisiones.

Que pronto volveré a La Tierra
cuando esté de vacaciones,
sólo volveré a La Tierra
cuando esté de vacaciones.

Eeeeh eh eh
a La Luna yo me voy.
Ehhh me voy me voy
a La Luna yo me voy.

Me llevo para La Luna
la alegría santiaguera,
me llevo para La Luna
la alegría santiaguera, 
el amor de mi guajira 
y el verde de mis palmeras,
el amor de mi guajira 
y el verde de mis palmeras.

Eeeh me voy, me voy ,
A La Luna yo me voy.
Me voy voy, me voy me voy
a La Luna. 
A La Luna yo me voy.