Histórias de cobertura Rio +20: despertador de guerra

Esta é a segunda manhã que eu acordo com o barulho, às vezes ensurdecedor, dos helicópteros que apóiam a segurança das comitivas que estão hospedadas no hotel perto do apartamento em que estou alojada. O hotel na esquina da Av. Atlântica alojou a delegação norte-americana e a de alguns países árabes. Também é a segunda manhã em que o dia amanhece nublado e ventando. Ontem choveu e para não ficar molhada comprei um guarda-chuva vendido por ambulantes, aqueles com paisagem do Rio de Janeiro ao preço de 10 reais. Caro? Fazer o quê!

Anúncios

Compartilhando ...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s